INTRODUÇÃO

 

Existe uma atividade comercial altamente lucrativa que ainda é muito pouco divulgada no Brasil, mas que, neste exato momento, poderia estar rendendo à sua empresa uma elevada margem de lucros: a atividade leiloeira.

Para conhecê-la melhor e para que você saiba o que SALGADO LEILÕES pode fazer pela sua empresa, nós agrupamos a seguir algumas informações básicas:

 

I - O QUE É O LEILÃO OFICIAL ?

 

O leilão é uma forma milenar de vendas que já era praticada nos antigos mercados persas antes mesmo da Era Cristã.

Com o passar do tempo, o leilão oficial começou a ser associado a uma imagem pejorativa por envolver massa falida, valores e espécies em penhor, inadimplências e bens recalcados por tramitações em processos judiciais. Hoje este quadro é bem diferente: a atividade leiloeira assumiu um caráter lícito e criterioso de vendas envolvendo transações mercantis de mercadorias, veículos, imóveis urbanos e rurais, máquinas, móveis e utensílios, além de outros bens.

Enfim uma forma de negócios conveniente para compradores e vendedores, pessoas físicas ou jurídicas interessadas em negócios rápidos, claros e principalmente ajuizados.

Estas características, aliadas a algumas transformações radicais dos setores da economia, fizeram do leilão a forma adotada e preferida pelas maiores empresas nacionais e multinacionais, bancos, financeiras e seguradoras para a venda de bens.

 

II - O PAPEL DO LEILOEIRO

 

O leiloeiro é o profissional responsável pela organização e realização dos pregões públicos.

Ele é oficializado através de nomeação na Junta Comercial (órgão da Secretaria de Justiça), onde é submetido a uma rigorosa avaliação de comportamento e idoneidade.

Todas as transações da atividade leiloeira são supervisionadas e fiscalizadas pela Junta Comercial, o que faz do leiloeiro um intermediário de alta confiabilidade.

 

III - AS APLICAÇÕES DO LEILÃO NA INDÚSTRIA E COMÉRCIO

 

O Leilão Periódico:

Trata-se do leilão empregado na venda de bens previstos quanto ao tempo e quantidade. São as máquinas e equipamentos que saturam sua vida útil; as matérias primas perfeitas ou com defeitos sem utilização para o processo de transformação a que foram programadas; as sobras de matérias-primas e de bens de consumo, e de bens cuja manutenção tornou-se inviável para a empresa.

O Leilão Eventual:

Imprevistos quanto ao tempo e a quantidade. São as máquinas e equipamentos obsoletos por evolução tecnológica; as unidades desativadas num dado sistema; as substituições de móveis e utensílios; os produtos acabados já sem justificativa para a empresa.

O Leilão Extraordinário:

Os bens são gerados pela conversão de capital imobilizado em capital de giro e pela otimização de recursos materiais em empresas concordatárias.

O Leilão de Futuro:

Neste caso, os bens gerados são as sucatas e os resíduos provenientes de sobras diretas e indiretas do processo normal de industrialização, com previsões de geração, com data pré determinada para o pregão.

As vantagens que o cliente tem com a venda de seus bens são inúmeras e podemos dizer que as principais são: eliminação do problema de estocagem economizando preciosos espaços em seus pátios e a conseqüente eliminação da mão-de-obra e dos custos com retiradas. Estes correm exclusivamente por conta do arrematante.

A programação das retiradas é feita pelo comitente, em função das suas necessidades e o estrito cumprimento da mesma pelo comprador é assegurado mediante a assinatura de um Termo de  compromisso por ambas as partes.

O Leilão de Imóveis:

Empregado na venda de casas, apartamentos e terrenos trazendo inúmeras vantagens para o vendedor como: a rapidez nos negócios, segurança e recebimento do pagamento à vista. Não há possibilidade de contra oferta, pechincha e protelação por parte do comprador ou da imobiliária.

O Leilão de Veículos:

- Leilão do Detran -(SP) e Ciretrans -(Interior).
- Leilão de Bancos
- Leilão de Financeiras
- Leilão de Seguradoras

Os Leilões de Veículos, têm como principais finalidades, ressarcir aos proprietários os custos financeiros do próprio bem, assim como, com estadias, guinchamentos e despesas operacionais. Assegurando ao Comitente a tranqüilidade nas negociações através da transparência que caracteriza a venda em Leilão Público. Transferindo a responsabilidade para o Leiloeiro Oficial toda transação, como: a guarda dos bens, a venda em pregão público, a transferência dos veículos aos compradores através da emissão de notas de venda do Leiloeiro, isentando os Comitentes Proprietários das preocupações com as transações documentais.

O Leilão Rural:

Nestes leilões são apregoadas áreas rurais, animais e máquinas agrícolas. Para tal é necessária a licença especial de leiloeiro rural, atividade supervisionada pela FAESP - Federação de Agricultura do Estado de São Paulo.

A rentabilidade da atividade leiloeira neste setor tem se comprovado sucessivamente, o que faz do leilão rural a principal forma de venda destes bens.

 

IV - A SISTEMÁTICA DE TRABALHO DE SALGADO LEILÕES

 

Com nossa experiência de atuação no mercado, desenvolvemos algumas características em nossa sistemática de trabalho que, aliadas às mais recentes técnicas de informática, são responsáveis pelo grande sucesso de nossos trabalhos: racionalização, simplificação e extrema maleabilidade na adaptação das necessidades de nossos clientes.

Nossa Organização:

Equipes de trabalho, com respaldo do nosso centro de informática (programado exclusivamente para atender às necessidades dos leilões), atuam junto ao Leiloeiro Oficial Benedito de Oliveira Salgado, JUCESP n º 451, o assessorando nas diversas etapas de trabalho. Nesta organização com equipes profissionais, as atividades vão desde o contato inicial com o cliente até o acerto de contas, sob a responsabilidade do Leiloeiro Oficial.

Nossas Equipes:

Técnica: avaliadores, arrumadores
Administrativa: assessoria especializada, secretaria e corpo de auxiliares.
De Campo: consultores de negócios e relações públicas.
De marketing: publicitários, pesquisadores e assessoria de imprensa.
De apoio: advogados, engenheiros, economistas, administradores e programadores.
Atividades Das Nossas Equipes:

O processo de um leilão oficial inicia-se com uma carta de autorização para a realização deste, fornecida pelo cliente ao leiloeiro oficial, juntamente com uma relação dos bens a serem comercializados.

Planificação do Leilão:

O cliente e a equipe administrativa determinam:
- Local, data e horário do leilão.
- Local onde permanecerão os bens a serem leiloados para a visitação dos interessados.
- Esquema publicitário (publicações de editais) e verba para tanto, patrocínio a combinar.
- Prazo de retirada dos bens arrematados.

Providências Práticas:

Com acesso às dependências do cliente, a equipe técnica atua da seguinte forma:
- Organiza os bens em lotes homogêneos.
- Oriente o transporte dos mesmos para o local onde permanecerão até o leilão.
- Enumera os lotes.
- Executa a arrumação dos lotes de modo a despertar a atenção e interesse dos compradores.
- Providencia a sinalização no local do leilão e instala o esquema de som a ser utilizado no pregão.

Nossa divulgação:

Nossa equipe de marketing elabora o plano de divulgação obedecendo a critérios estabelecidos na reunião inicial. Prepara editais e anúncios para jornais de grande circulação, elabora matérias para revistas e/ou jornais caso haja necessidade para tal. Independente disto desenvolvemos uma dinâmica de programação de vendas, sem despesas para o cliente, que assegura o sucesso do leilão.

Malas diretas:

As mercadorias de nossos cliente são oferecidas através de malas diretas personalizadas a compradores em potencial. Estes são localizados pelo nosso Departamento de Pesquisa que, com auxílio da informatização, efetua a seleção por ordem de interesse dos compradores já cadastrados e processa novos cadastramentos.

Com isto nos mantemos constantemente atualizados, agilizando assim o envio das correspondências eletrônicas e convencionais.

Para determinados lotes e compradores, nossa oferta é reforçada pelo contato telefônico e/ou pessoal. Visando, com isto, obter lances por escrito (via fax), antes da realização do leilão.

Assessoria de Imprensa:

Para leilões cujos bens apresentam nítidas características de utilidade pública, nossa assessoria de imprensa se encarrega de elaborar e enviar "releases", a jornais e revistas de grande circulação na região de interesse, solicitando divulgação e cobertura.

Pregão:

No dia do leilão, nossa equipe administrativa se encarrega de:
- Tomar nota dos nomes, endereços e documentação dos arrematantes.
- Receber os sinais de pagamento e emitir os boletos/recibos.
- Apoiar em outras atividades necessárias.

Assistência ao Arrematante:

No dia seguinte ao leilão, nossa equipe administrativa providencia:
- Recebimento da complementação dos pagamentos.
- Emissão das Notas de Venda em leilão em quatro vias, (contendo descrição do bem arrematado e seu valor) uma via vai para o Comitente, uma via fixa fica com o Leiloeiro para fiscalização da JUCESP e duas vias irão para o arrematante que irá retirar o bem nas dependências da empresa.

Acerto Final:

No prazo máximo de 10 (dez), dias úteis após a realização do leilão, , nossa equipe administrativa elabora um acerto de contas final em 2 (duas), vias.
A 1 ª via será arquivada no escritório do leiloeiro após a verificação da JUCESP e a 2 ª via será encaminhada ao comitente juntamente com o cheque no valor líquido resultante do leilão. Constam no Acerto de Contas, uma listagem com o valor de venda de cada lote e uma via de cada nota de venda emitida.

 

ALAMEDA BARÃO DE LIMEIRA, 71 - 2º PISO - LOJA 20 - CENTRO
01202-001 - São Paulo - SP
Tel.: (11)  3331-9266 - Fax: (11) 3331-5452
Cel.: 9.9602-1119 / Nextel ID: 45*2*126935

salgado@salgadoleiloes.com.br

Por favor faça o seu cadastro você é muito importante para nós

ENTRE EM CONTATO POR EMAIL


Esta página foi criada pela - Última alteração: 22/09/13 12:31:45